Este trilho, apesar de começar com uma linha muito antiga que nos remete para o tempo do Paulo Mogas, é um trilho muito mesmo muito original, a começar pelo nome que é nada mais nada menos que o nome dos seus autores, isto é, a Associação SANIGAV, brilhantemente presidida pelo Álvaro Marques. Estes homens com a ajuda do Rui Cracel criaram uma linha enorme e verdadeiramente fantástica, tem tantas variações de tipo de piso e vegetação que nos deixam com a sensação que são vários trilhos num só. É exigente fisicamente e obriga-nos a apurar a nossa condução de forma perfeita. Fazê-lo seguido é duro mas super gratificante. Tem secções tão rápidas que nos deixam viciados em repeti-lo sem nunca o domarmos verdadeiramente. É de resto a última criação no nosso universo de trilhos.